viverluanda
  • A sua noite começa aqui!
  • http://www.site.co.ao
  • Para quem ama Luanda!
  • Para quem ama Luanda!

Este portal é dedicado a si, que ama Luanda. Por enquanto, ainda dá os primeiros passos em termos de conteúdo, mas queremos que cresça forte, e que venha a tornar-se um adulto cheio de potencialidades. Para que isto seja possível, necessitamos da colaboração de todos quantos nos visitam. Enviem-nos os vossos comentários, críticas e sugestões, para que possamos crescer cheios de vigor.

Luanda acolhe fórum de negócios Angola/Japão

forum angola japaoTrinta e sete empresas japonesas dos mais variados sectores da actividade económica participam, a partir desta segunda-feira (dia nove), em Luanda, no primeiro Fórum de Negócios Angola/Japão, com vista a reforçar a cooperação entre os dois países, anunciou hoje o embaixador angolano acreditado naquele país asiático, João Miguel Vehekeni. 
Em entrevista à Angop a propósito desta reunião que vai reunir, durante três dias (9, 10 e 11), homens de negócios dos dois países, dos 117 japoneses , o diplomata angolano disse a delegação japonesa ao fórum vai integrar empresas como o maior Banco do mundo (Mitsubishi), o Banco de Cooperação internacional Japonês e outros, assim como companhia farmacêuticas, agro-indústria, indústria vocacionada ao fabrico de barcos e aviões pesados.
João Manuel Vahekeni disse esperar que estas empresas, com vasta experiência e Know How, possam participar activamente no processo de diversificação da economia em curso no país.
Salientou que no fórum vão ainda ser promovidos conferências, sessão de reuniões singulares de redes de trabalho, permitindo uma interacção entre companhias angolanas e japonesas, encontros separados com ministros de vários sectores de actividades, temas inerentes as relações económicas entre Angola e o Japão.
Consta ainda do programa, segundo o embaixador, as oportunidades de investimentos nos mais variados sectores, nomeadamente petróleo e gás, agro-negócios, transporte e logística, turismo, energia e águas, indústria, geologia e minas, entre outros.
“Japão tem conhecimento do crescimento económico do país através de informações vindas de vários relatórios internacionais, como do Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional (FMI), do qual faz parte e neste fórum que realizaremos servirá para constatarem a realidade e potencialidades económica do nosso país”, disse.
Criar um quadro de informação e dados diversos que permitirá a interacção de decisões e políticos empresariais, instituições financeiras e agências para a promoção de investimento entre os dois países, fazem ainda parte da do fórum.
“Queremos expor neste fórum as potencialidades que Angola oferece para a construção de uma parceria segura entre os investidores nacionais e japoneses”, disse.
Relativamente às trocas comerciais entre os dois países, o embaixador disse em 2013 o Japão exportou para Angola produtos industriais avaliados em 280 milhões de dólares norte-americanos, como veículos, materiais metálicos e equipamentos, enquanto os japoneses importaram de Angola petróleo bruto no valor de 376 milhões de dólares.
Precisou que o Japão exporta essencialmente para Angola maquinaria e Angola vende ao mercado japonês petróleo e gás.
Apesar de não dispor ainda os resultados de 2014 sobre o volume de negócio entre os dois países, disse Angola e o Japão vão continuar a trabalhar para fortalecer as relações comerciais, culturais e políticas.
Na sua óptica, a relação entre os dois estados nos mais variados domínios, são boas e existe um apoio mútuo quando necessário, exemplificando que Japão apoiou a candidatura de Angola ao Conselho de Segurança e Angola apoiou Japão na sua candidatura para a eleição de um Juiz no Tribunal Penal internacional (TPI).
Fonte: Angop
PARCEIROS
  • angola image bank rodape
  • noite angolana rodape
  • publico alvo rodape