viverluanda
  • top2
  • top1
  • Para quem ama Luanda!
  • Para quem ama Luanda!

Este portal é dedicado a si, que ama Luanda. Por enquanto, ainda dá os primeiros passos em termos de conteúdo, mas queremos que cresça forte, e que venha a tornar-se um adulto cheio de potencialidades. Para que isto seja possível, necessitamos da colaboração de todos quantos nos visitam. Enviem-nos os vossos comentários, críticas e sugestões, para que possamos crescer cheios de vigor.

Após vazamento de exames nacionais, Etiópia bloqueia as redes sociais!

Etiópia

A Etiópia bloqueou as redes sociais em todo o país após a perguntas dos exames universitários de fim de ano terem sido publicadas online no mês passado, o que provocou um escândalo nacional.

O vazamento do exame nacional, tornou-se num problema grave para governo da Etiópia, o que forçou o adiamento dos testes.

Facebook, Twitter, Instagram e Viber estiveram inacessíveis desde sábado de manhã, e continuará a estar bloqueados até que os exames escolares nacionais sem concluam na quarta-feira, de acordo com funcionários do governo.
Um porta-voz do governo disse que a proibição visava reduzir as distracções dos alunos.

“É um bloqueio. É uma medida temporária até quarta-feira. As mídias sociais provaram ser uma distração para os estudantes”, porta-voz do governo Getachew Reda à agência de notícias AFP.

A Etiópia é um dos primeiros países africanos a censurar a Internet, começando em 2006 com blogs da oposição. Cerca 254.000 estudantes são esperados para fazer o exame nacional, de acordo com o Ministério da Educação daquele país.

O que a comunidade internacional diz?

Na semana passada, o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas aprovou uma resolução condenando o bloqueio de internet como uma violação de direitos humanos.

O grande receio de todo mundo é que esta prática se torne comum para o resto de África. Não há problema em definir leis contra os crimes cometidos online (ou usando sistemas informáticos), no entanto há uma linha ténue entre a segurança e a violação dos direitos dos cidadãos.

Em Angola ainda não temos uma lei contra “crimes digitais” aprovada, o que existe é uma proposta, portanto esses crimes seriam julgados com base no código penal. Um caso semelhante já ocorreu na Argélia… será que essa “moda” pega?


E quanto a si, acha que o governo da Etiópia tomou a atitude correcta?

The post Após vazamento de exames nacionais, Etiópia bloqueia as redes sociais! appeared first on Menos Fios.

Read more

Twitter agora suporta GIFs de tamanho maior

Twitter_GIF

O Twitter expandiu seu limite de tamanho GIF animado, que anteriormente suportava no maximo imagens do formato GIfF até 5MB, mas com a nova expansão as imagens do tal formato podem ter agora até  15MB. Mas o Twitter permite agora GIFs três vezes o tamanho se eles são carregados na web. Infelizmente a actualização não direcionou o seu caminho para TweetDeck, que permanece eternamente para trás, os tempos quando se trata de melhorias de engenharia do Twitter.

O novo limite foi descoberto por cuidadosos observadores de suporte ao Twitter e usuários GIF mais atentos, incluindo Marvel Digital Media e Ryan Penagos. Na verdade uma actualização para o FAQ a foto do Twitter descreve os novos limites de tamanho. Mas porquê alguém iria realmente precisar partilhar um GIF de 15 MB? Ainda não há uma resposta certa para isso. Mas a mudança parece seguir tendências mais recente da empresa de remoção de barreiras logísticas para postar na mídia em suas várias plataformas.

No mês passado, a rede social começou a permitir a publicação de Vines que suporta 140 segundos uploads de vídeo, acima de seu limite conhecido que era de 6 segundos. Desde o ano passado, a empresa também começou a aumentar o limite de comprimento vídeos in-stream, que agora corresponde em 140 segundos.

Não há dúvidas, os vídeos são o grande trunfo das redes sociais, ajudando a manter os utilizadores durante mais tempo.

Será que os fiéis utilizadores do Twitter gostaram da mudança?

The post Twitter agora suporta GIFs de tamanho maior appeared first on Menos Fios.

Read more

PARCEIROS
  • angola image bank rodape
  • noite angolana rodape
  • publico alvo rodape